Close Previous Next Previous Next Go up Go down Go up Go down Back to top Previous Go back Open menu Sound off Sound on Search Manager Calendar Date Comments Reading time Author Categories Tags Facebook Twitter Instagram LinkedIn YouTube Phone Play Play Pause Languages Oficina virtual Tu perfil

OUTPLACEMENT: as chaves para um bom projeto e os seus benefícios

Maria dorrego

María Dorrego, consultora de RH do Grupo Clave

O que é Outplacement?

Outplacement é um termo utilizado no ambiente empresarial e em particular no campo dos RH, mas com o qual talvez nem todos estejam familiarizados. Como a sua tradução literal “outplacement” indica, quando falamos de outplacement estamos a falar de um Plano de Recolocação.

A recolocação externa é uma prática destinada às empresas que vão realizar um ou vários processos de desvinculação como os seus trabalhadores. Através deste projeto, a empresa oferece ao trabalhador um serviço centrado em conseguir a sua recolocação no mercado o mais rapidamente possível.

O projeto Outplacement consiste numa série de técnicas em que a empresa trabalha em conjunto com o trabalhador em três aspetos fundamentais:

– Melhorar a empregabilidade do seu perfil

– Definição de uma estratégia de procura de emprego

– Link para ofertas de emprego

No caso do processo de despedimento ser levado a cabo através de despedimento coletivo, o projeto de recolocação fora de serviço tornar-se-á uma obrigação legal para a empresa quando afetar mais de cinquenta trabalhadores.

Em ambos os casos, quando falamos de um ERE (que afeta mais de 50 trabalhadores ou menos), o Projeto Outplacement é desenvolvido seguindo as seguintes considerações legais:

Onde é regulado?

O Decreto Real 1483/2012, de 29 de outubro, que aprova o Regulamento sobre os procedimentos para o despedimento coletivo e a suspensão dos contratos e a redução do horário de trabalho, estabelece nos artigos 8º e 9º os critérios de execução e garantias no desenvolvimento do Plano de Recolocação.

Critérios e garantias de execução

– A empresa deve incluir o projeto de outplacement na documentação para o início do procedimento de despedimento coletivo. Especificamente no início do período de consulta, no qual deve apresentar um projeto inicial.

– Durante o período de consulta, o projeto pode ser especificado ou prolongado; contudo, no final do período de consulta, o projeto final deve ser apresentado.

– O projeto de outplacement apresentado deve ser levado a cabo através de empresas de outplacement autorizadas.

– Terá uma duração mínima de seis meses.

– Deve conter medidas de outplacement com especial ênfase nos adultos.

– Conterá medidas nas áreas de: intermediação, orientação profissional, formação profissional, e atenção personalizada.

As chaves para um projeto de outplacement

Amy hirschi k0c8ko3e6aa unsplash

Comunicações prévias

O projeto gira principalmente em torno de dois eixos fundamentais: comunicação e acompanhamento personalizado, e o ponto de partida é a comunicação com a empresa com a qual, através de uma primeira sessão de consulta, reunimos todas as informações necessárias para descobrir os tipos de perfis com os quais vamos trabalhar.

Além disso, é necessário oferecer a possibilidade de aconselhamento jurídico ao cliente durante o período de consulta para proporcionar uma maior segurança jurídica.

Nesta primeira fase de comunicação, toda a informação sobre o projeto de recolocação externa deve ser fornecida à empresa para que possa ser transferida para os trabalhadores afetados pelo despedimento. Desta forma, damos aos trabalhadores a oportunidade de consultar qualquer aspeto do projeto antes de tomar a decisão de aderir.

É de vital importância que desde o início o trabalhador sinta o acompanhamento personalizado que o projeto de outplacement oferece. Não devemos esquecer que este é um momento delicado em que a pessoa sentirá um elevado nível de insegurança e incerteza.

Desenvolvimento do Projeto

Após uma fase de diagnóstico na qual analisamos os perfis que compõem o projeto de outplacement, desenvolvemos um plano de trabalho através de uma série de ações destinadas a:

– Adquirir uma atitude positiva em relação à procura de emprego.

– Definição de uma estratégia de pesquisa com base no perfil.

– Conhecer os métodos de procura de emprego adequados ao perfil.

– Desenvolver um CV mais atrativo.

Ligação com ofertas de emprego 

Ao longo do desenvolvimento do projeto, o trabalhador terá o acompanhamento personalizado de um consultor que identificará as ofertas adequadas com base no seu perfil e interesses.

O valor para a empresa

Se a empresa não é legalmente obrigada a realizar um projeto de outplacement, porque deveria contratar este serviço?

Um processo de outplacement é um processo natural no ciclo de vida de uma empresa, mas é um momento delicado para a empresa e, claro, para o trabalhador.

O facto de a empresa oferecer aos seus trabalhadores a possibilidade de aderirem a um projeto de outplacement reflete um elevado nível de compromisso da empresa para com as suas equipas e a sua preocupação com as pessoas.

Além disso, no processo de negociação de um despedimento coletivo, a apresentação do projeto reduz o conflito e melhora a paz social.

Como resultado, internamente irá melhorar o clima de trabalho e externamente irá projetar uma imagem positiva para os clientes e trabalhadores presentes e futuros.

O valor para o trabalhador

Outplacement2

O processo de saída da empresa pode ser uma situação traumática para muitos trabalhadores. É um tempo de incerteza, de sombras, em que sentimentos como a insegurança ou o mal-estar nos podem bloquear.

O projeto outplacement é a luz, uma oportunidade para o trabalhador acelerar o processo de recolocação no mercado de trabalho através de um processo de acompanhamento no qual ele ou ela será capaz de demolir os seus medos e sentir o acompanhamento de profissionais que estão orientados a “ligar” o trabalhador de volta ao mercado de trabalho e psicologicamente.

Cumprindo os requisitos legais que acabamos de mencionar, desde a Nortempo, passando pelo Grupo Clave, como empresa aprovada em Planos de Realocação, desenvolvemos projetos de outplacement adaptados aos requisitos do cliente e às necessidades do pessoal afetado.  A nossa rede de escritórios localizados em todo o país permite-nos ligar mais rapidamente os trabalhadores às ofertas de emprego, aumentando exponencialmente as possibilidades de recolocação externa. Em 2019, a Nortempo participou como intermediário no recrutamento de mais de 20.000 pessoas.

Desta forma, temos a combinação perfeita (experiência em outplacement + conhecimento da rede empresarial + especialização em recrutamento) para desenvolver um projeto eficaz e garantido.